quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Garanta ótimas filmagens


O planejamento de uma viagem romântica requer muitos cuidados e um dos itens que ninguém quer esquecer é a máquina fotográfica. Se, com as fotos, as lembranças já são boas, imagine com o filme, em que temos movimentos e sons.
Mas, muitas vezes, a surpresa na hora de assistir à fita não é das melhores por causa da qualidade das imagens, que podem sair tremidas e desfocadas. Isso sem falar na iluminação nem sempre adequada e no áudio baixo. Aí, o que era para ser um momento de descontração e contentamento se transforma em decepção.
Só que tudo isso acontece por falta ou desatenção a pequenas instruções, fáceis de seguir. Então, para evitar os problemas, preparamos algumas dicas e truques para que você aprimore seus conhecimentos e evite desapontamentos. Mas, antes de conferir as informações, saiba que treinar é muito importante, para aprender, experimentar e praticar.

   Primeiro passo: a câmera - Antes de tudo, você deverá escolher uma filmadora, que poderá ser domésticas ou aquelas voltadas para quem busca imagens e recursos semi-profissionais. As primeiras geralmente trabalham com fitas mini DV ou com disquetes e possuem menos recursos para a captura de imagens. Já as câmeras utilizadas por profissionais, como Super VHS ou DVC, possuem diversos recursos, como ajuste automático e manual de foco, alguns efeitos especiais e zoom mais potente.
Se você não tem nenhum conhecimento técnico sobre o assunto, o ideal é optar pela câmera doméstica, pois é mais fácil de operar. Mas se filmagem não é novidade para você, arrisque a Super VHS, que oferece melhor qualidade de imagem.

Pequenos detalhes - Antes de iniciar a filmagem, atente-se aos seguintes detalhes: ajuste de foco, pois sem foco a imagem fica “embaçada”; abertura da íris (equipamento que controla a entrada de luz), para não ficar tudo muito claro ou escuro demais; alinhamento horizontal, para que a pessoa ou objeto não apareça inclinado; e volume do áudio, para que a voz, música ou som ambiente não fique estridente ou inaudível.
A estabilidade do equipamento também é muito importante. Se a câmera for grande, coloque-a sobre um tripé, mas se for uma câmera pequena, segure-a com as duas mãos, apoiando-a contra o peito ou nos ombros.
Ao filmar em locais abertos, evite o horário do meio-dia, pois a luz do sol fica muito forte a atrapalha a captação de imagens. Fuja também do final da tarde, pois o sol costuma se pôr rapidamente e isso pode proporcionar contrastes e sombras indesejáveis.

Edição de imagens - Para fazer a edição das imagens, você precisará da filmadora com a fita já gravada, de uma outra fita (de preferência virgem), de um videocassete e de uma televisão.
Coloque a fita VHS virgem no vídeo cassete e aperte a tecla pausa/gravação. Na filmadora, selecione as imagens desejadas, coloque no início da primeira imagem escolhida e aperte a tecla pausa da filmadora. Desaperte ambos os botões de pausa ao mesmo tempo e repita este processo até gravar todas as cenas escolhidas.
Caso queira mesclar as imagens gravadas por você com imagens que estejam passando na televisão, siga o mesmo procedimento, mas manuseando apenas o videocassete. Assim, usando a criatividade você editará belíssimas fitas e terá ótimas recordações. 
    



www.viagemonline.com.br por Sheila Oliveira.

Nenhum comentário: