quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Punta Cana, o paraíso caribenho dos hotéis all-inclusive


Pense em um lugar para desfrutar de praias paradisíacas, olhar para um infinito mar azul e fazer pouquíssimo esforço. A 205 km ao leste da capital Santo Domingo, Punta Cana é destino de praia número 1 no Caribe. Em 2008, a região que combina sol o ano inteiro e hotéis com tudo incluído (os famosos all-inclusive) recebeu cerca de 2 milhões de turistas, de um total de 4 milhões que desembarcaram no país. Basta colocar a pulseirinha e desfrutar de todos os mimos e facilidades que as instalações dos hotéis oferecem.



O nome que deu origem ao destino, que abriga sete praias principais, foi emprestado de uma delas, a homônima Punta Cana. Ao todo, são 50 quilômetros de praias ininterruptas que atraem casais em lua-de-mel e muitas famílias em todas as épocas do ano. Sim, porque a República Dominicana está na região central do Mar do Caribe e, por isso, tem clima estável e a sua temperatura varia pouco.


O turista que visita a região não encontrará uma cidade. A região é composta por hotéis (muitos!) e cada um deles é um complexo autosuficiente e ensimesmado, que oferece atividades suficientes para uma semana de estadia. Toda a rede hoteleira está interligada por avenidas e está em fase de construção uma estrada que ligará Santo Domingo às praias de Punta Cana, facilitando ainda mais o acesso à elas.


NÚMERO 1 DO CARIBE
Eduardo Piagentini/UOL
Estrela do mar na piscina natural próxima à Ilha Saona
Eduardo Piagentini/UOL
Em Punta Cana, temperos dominicanos dão um toque típico aos pratos internacionais
Divulgação
Altos de Chavón, em La Romana, opção de passeio para quem visita a região


Mais recente do que a era dos all-inclusive, que se instalou em Punta Cana há algum tempo, o projeto turístico de luxo Cap Cana, que ocupa uma área de 35 km2, abriga cinco grandes empreendimentos. Nesse novo complexo, o visitante pode desfrutar de uma privacidade e tranquilidade de artistas e milionários. Mais ao norte, o Roco Ki, que está previsto para ser inaugurado na região da praia de Macao em 2010, também é um empreendimento de luxo que está se consolidando na região.

Se cansar da mordomia e das facilidades de seu hotel, o visitante também pode praticar esportes aquáticos como mergulho, snorkeling, kitesurfing, etc, e fazer o passeio mais procurado pelos turistas que desembarcam no país até a Ilha Saona, área preservada que pertence ao Parque Nacional del Este. Os barcos costumam ir cheios de estrangeiros que dançam ao som de reggaeton, salsa e merengue, este último ritmo típico do país. Na volta, uma piscina natural de 1 metro e meio espera a todos.


Site do país - www.dominicana.com.do

Sites de turismo do país -www.godominicanrepublic.com e www.republicadominicana.tur.br

Idioma - Espanhol (fala-se inglês principalmente nas áreas turísticas)

Moeda - Pesos dominicanos

Valor de troca - 1 peso dominicano vale aproximadamente 0,03 dólares americanos

Fuso horário - 2 horas a menos em relação a Brasília, quando estamos em horário de verão

DDI - 1 (o mesmo dos Estados Unidos)

Código de acesso de Punta Cana e região - 809 (o mesmo de Santo Domingo)



Emergência - 911 ou (809) 688-8727

Gorjeta - A maioria dos restaurantes adiciona uma taxa de serviço de 10%. A gorjeta pode variar de 5% a 10% do valor da conta.

Tomadas e voltagem - 110 volts. As tomadas são do tipo norte-americano. É importante ficar atento às eventuais quedas de energia que acontecem na cidade.

Água - Os guias oficiais do país recomendam o consumo de água purificada para evitar a "vingança do Caonabo"



Nenhum comentário: