quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Mínimo impacto – os mandamentos do turista responsável

“Tire somente fotografias, deixe apenas pegadas e leve para a casa só suas memórias”. Esse pensamento, há tempos considerado o slogan do turista responsável, mais do que nunca é válido, mas sua prática isolada já é insuficiente para evitar que o turismo se transforme de solução em vilão.
Tido como importante alternativa para o desenvolvimento sócio-econômico, principalmente de regiões consideradas patrimônios culturais ou naturais, o turismo sem os devidos cuidados, tanto por parte dos governantes quanto do turista, pode acelerar o processo de degradação desses locais.
E não basta mais ao turista se preocupar com suas ações no local visitado. O turismo responsável começa antes mesmo de se sair de casa, quando, por exemplo, é escolhido o meio de transporte - coletivo ou individual - ou é decidido o que levar na mala.
O conceito de turismo responsável também ultrapassa a preservação do meio ambiente. Ele engloba, ainda, o respeito ao patrimônio cultural dos povos e comunidades visitados.

A revista Viagem e Turismo, da Editora Abril, relacionou os 10 mandamentos do turista responsável, pequenos cuidados que podem fazer com que uma viagem de negócios ou de lazer seja menos nociva ao planeta - cultural e ambientalmente.
Experimente colocar em prática!


www.prodesp.sp.gov.br

Nenhum comentário: